Quem sou eu

Minha foto
Em 2009 fui diagnosticado com uma doença do neurônio motor (DNM) Trata-se de uma doença neuromuscular, progressiva, degenerativa e sem cura. Mesmo assim insisto que vale a pena viver e lutar para que pesquisas, tratamentos paliativos, novos tratamentos cheguem ao Brasil no tempo + breve possível, alem do respeito no cumprimento dos nossos direitos. .

26 de jul de 2015

Edaravona (Radicut) ganha indicação em bula para o tratamento da ELA



Por Antonio Jorge de Melo

No dia 23 DE DEZEMBRO DE 2009, O Ministério da Saúde e a Secretaria de Atenção à Saúde, no uso de suas atribuições criaram a PORTARIA Nº 496, que estabeleceu o PROTOCOLO CLÍNICO E DIRETRIZES TERAPÊUTICAS na ELA e a dispensação do Riluzol pelo SUS através de sua inclusão na lista de alto custo. Desde então, o que já era uma prática clínica rotineira de muitos especialistas que tratavam a ELA, tornou-se um protocolo oficial avalizado pelo Ministério da saúde.

Levando-se em conta que o riluzol foi aprovado pelo FDA em 1995 e na Europa em 1997, foram 14 anos de uma longa espera para que nós pacientes brasileiros finalmente pudéssemos ter acesso gratuito  a uma droga órfã para uma doença grave, rara e degenerativa como a ELA.

A agência reguladora que controla a fabricação e comercialização dos medicamentos no Japão, a PMDA, aprovou o medicamento Radicut (edaravona) para o tratamento da ELA no último dia 26 de junho de 2015. Portanto, a edaravona passa a ser a segunda droga no mundo com indicação em bula para o tratamento da ELA.

Ao contrário do riluzol, que quando foi lançado era uma molécula inédita no mercado mundial de fármacos, e que portanto, ficou protegido por lei de patente durante muitos anos após o seu lançamento, ou seja, apenas uma marca de riluzol (Riluteck) estava disponível para comercialização, a edaravona é uma droga que já existe no Japão desde 2001, quando foi lançada para o tratamento do AVC Isquêmico, e possui além de sua marca de referência que é o Radicut mais 4 marcas genéricas, que são:



    NOME
CONCENTRAÇÃO
 APRES
    CUSTO
Nuravon 
Edvo
Aravon
Fraseda
Radicut
Edavon
   1.5mg/ml
   1.5mg/ml
   1.5mg/ml
   1.5mg/ml
   1.5mg/ml
   1.5mg/ml
30mg/20ml 30mg/20ml 30mg/20ml
30mg/20ml
30mg/20ml
30mg/20ml
   $ 7.22
   $ 7.04
   $ 7.30
   $ 7.13
        ?
        ?

OBS: Alem da apresentação ampola IV, Radicut possui ainda a apresentação BAG IV FOR INFUSION 30mg/100ml pronta para uso.

E quanto a edaravona, quando será que nós pacientes  brasileiros teremos acesso a essa nova opção terapêutica para o tratamento da ELA, tal qual temos hoje o riluzol?  Eu penso que essa resposta está atrelada a vários fatores, mas existe um que será fundamental: a capacidade de mobilização e articulação dos pacientes, familiares e demais partes interessadas frente ao Poder Público, Legislativo, e Órgãos Regulatórios brasileiros que detem o poder decisório sobre essa questão.

Então...mãos a obra!