Quem sou eu

Minha foto
Em 2009 fui diagnosticado com uma doença do neurônio motor (DNM) Trata-se de uma doença neuromuscular, progressiva, degenerativa e sem cura. Mesmo assim insisto que vale a pena viver e lutar para que pesquisas, tratamentos paliativos, novos tratamentos cheguem ao Brasil no tempo + breve possível, alem do respeito no cumprimento dos nossos direitos. .

9 de ago de 2011

Uma breve história do reinício da Frente Parlamentar de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência do Congresso Nacional (Parte 2)


05/04/2011 08:14
Frente em Defesa da Pessoa com Deficiência será relançada hoje

 Deputados e senadores relançam hoje a Frente Parlamentar Mista de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Entre os objetivos da frente estão: acompanhar políticas e ações de interesse das pessoas com deficiência; promover eventos relacionados ao tema; acompanhar, nas duas casas do Congresso Nacional, a tramitação de propostas que tratem do assunto; e promover o intercâmbio com parlamentos e entidades de outros países sobre experiências na área.
Além do ato de lançamento, os parlamentares também assinarão o termo de adesão à Campanha da Acessibilidade, promovida pelo Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência (Conade).
Dep Rosinha
Entre os convidados para o ato estão a ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário; o secretário de Promoção dos Direitos das Pessoas com Deficiência, Humberto Lippo; o presidente do Conade, Moisés Bauer; a presidente da Frente Parlamentar das Pessoas com Deficiência, deputada Rosinha da Adefal (PTdoB-AL); o vice-presidente da Frente Parlamentar das Pessoas com Deficiência, deputado Romário (PSB-RJ); o presidente da subcomissão do Senado que trata de assuntos relacionados à pessoa com deficiência, senador Lindbergh Farias (PT-RJ); e Adriana Alves Leitão, do Movimento Orgulho Autista Brasil.
O lançamento será realizado às 9h30, no Salão Negro. No mesmo dia, a frente parlamentar e a subcomissão do Senado que trata do tema promovem o seminário “A Convenção dos Direitos das Pessoas com Deficiências”. O seminário será realizado às 14 horas, no auditório Petrônio Portella, no Senado.