Quem sou eu

Minha foto
Em 2009 fui diagnosticado com uma doença do neurônio motor (DNM) Trata-se de uma doença neuromuscular, progressiva, degenerativa e sem cura. Mesmo assim insisto que vale a pena viver e lutar para que pesquisas, tratamentos paliativos, novos tratamentos cheguem ao Brasil no tempo + breve possível, alem do respeito no cumprimento dos nossos direitos. .

22 de set de 2011

Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto - Pioneirismo e inovação na TCT no Brasil


O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCFMRP/USP) popularmente conhecido como "Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto", é uma autarquia, mantida pelo governo do estado de São Paulo, sendo vinculada à Secretaria de Estado da Saúde (Decreto Estadual n. 26.920, de 18/3/87)associada à Universidade de São Paulo - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP. Tem por missão desenvolver a assistência, o ensino e a pesquisa científica em estreita colaboração com as demais unidades ensino da Universidade de São Paulo na cidade de Ribeirão Preto, em particular com a Faculdade de Medicina.
Dr Júlio Voltarelli
O HCFMRP/USP iniciou suas atividades em 30 de julho de 1956, tendo por objetivo servir de hospital-escola aos alunos do curso médico da FMRP-USP. Nesse período, o hospital apresentou um expressivo crescimento com a construção e inauguração de novas instalações. Tal crescimento foi acompanhado pelo constante aprimoramento nos serviços médicos e científicos prestados. Em 1968, realizou o primeiro transplante de rim do Brasil, através da equipe chefiada pelo Prof. Dr. Antônio Carlos Pereira Martins. Em 1992, realiza, em suas instalações, transplante de medula óssea, operação sob o comando do Prof. Dr. Júlio Voltarelli. No ano de 1995, o HCFMRP/USP inaugurou sua nova Unidade de Transplante de Medula Óssea, bem como, o Centro de Cirurgia de Epilepsia, este considerado referência internacional na área. Em 2002, a equipe do Prof. Dr. Júlio Voltarelli, realizou o primeiro transplante de células-tronco para o tratamento do Lupus. Neste mesmo ano, uma equipe conjunta dos professores Júlio Voltarelli e Amilton Barreira realizou o primeiro transplante de células tronco do país para o tratamento da esclerose múltipla. Em 2004, Prof. Júlio Voltarelli, Dr. Carlos Eduardo Barra Couri e equipe realizaram o primeiro transplante de células tronco do mundo para o tratamento de diabetes Tipo 1. No ano seguinte, a mesma equipe realizou transplante de células tronco para o tratamento da Esclerose Lateral Amiotrófica, este o primeiro no Brasil.

FONTE:http://pt.wikipedia.org/wiki/Hospital_das_Cl%C3%ADnicas_de_Ribeir%C..