Quem sou eu

Minha foto
Em 2009 fui diagnosticado com uma doença do neurônio motor (DNM) Trata-se de uma doença neuromuscular, progressiva, degenerativa e sem cura. Mesmo assim insisto que vale a pena viver e lutar para que pesquisas, tratamentos paliativos, novos tratamentos cheguem ao Brasil no tempo + breve possível, alem do respeito no cumprimento dos nossos direitos. .

7 de nov de 2010

Falando sobre inclusão e acessibilidade.


                                   Rogério ao lado da Psicóloga Merilene


Amigo Jorge,
                  
No caso de p]acientes com nescessidades especiais te digo que passei por situação constrangedora quando fui renovar minha habilitação, que é "especial" e tive de me submeter a prova e que nesta prova são avaliados direção defensiva e também primeiros socorros. Questionei e afirmei a fiscal de que eu não concordo com os critérios de avaliação. Disse a ela que a direção defensiva tudo bem mas na prestação dos primeiros socorros por ser uma habiltação "especial" eu não tenho ou teria condições em situações por exemplo: avaliar se a fratura é externa ou interna. Prestar massagem cárdiorespiratória, dirigir o jato do extintor para a base do fogo. Deu para percebeer que somos avaliados como se fossemos "especiais" em todos os sentidos tendo que desempenhar funções de atletas com super poderes. Disse a fiscal e dei como exemplo que caso ela tivesse uma crise e começasse a ter convulções e caísse ao chão na minha frente o máximo de "Primeiro socorros" que eu estaria em condições de prestar seria entregar a Deus a alma dela para que ela fosse encaminhada sem burocracia direta ao céu, pois ela é uma boa moça. Entenderam ? Ela concordou e me disse que foi a primeira vez que disseram isto a ela, aí eu me apresentei - "Muito prazer meu nome é primeira vez". É ou não é imjusto cobrar de quem não pode oferecer, como se pudéssem. Já pensaram em quantos foram avaliados e não conseguiram atingir os pontos necessários para terem sua qualidade de vida mantida?

E tenho dito!


Rogério Lucena (pessoa com Esclerose Múltipla, cadeirante)