Quem sou eu

Minha foto
Em 2009 fui diagnosticado com uma doença do neurônio motor (DNM) Trata-se de uma doença neuromuscular, progressiva, degenerativa e sem cura. Mesmo assim insisto que vale a pena viver e lutar para que pesquisas, tratamentos paliativos, novos tratamentos cheguem ao Brasil no tempo + breve possível, alem do respeito no cumprimento dos nossos direitos. .

1 de dez de 2012

Dia Mundial de Luta Contra a AIDS, uma reflexão.


Por Antonio Jorge de Melo

Hoje é o Dia Mundial de Luta Contra a AIDS, e o Brasil se destaca como exemplo e modelo a ser seguido por outros países no combate a essa doença. Hoje qualquer paciente de AIDS no Brasil tem acesso a um coquetel composto por várias drogas, alem da ampla distribuição de preservativos. Penso que, se conseguimos esse nivel de excelência p/ o tratamento da AIDS, porque não buscarmos a excelência tambem para a concientização e   tratamento das doenças neuromusculares, que hoje acometem em torno de 80.000 brasileiros, sendo que desse total 13.000 aproximadamente são pessoas com ELA?

Claro, guardadas as devidas proporções e diferenças, até porque a AIDS é uma doença epidêmica, está associada a comportamentos de risco,  e medidas são tomadas em conjunto a nível mundial para combate-la, o programa Anti-AIDS no Brasil possui recursos elevadíssimos, é a "menina dos olhos" do Ministério da Saúde. Tudo bem, nada contra. O que devemos considerar é que esse critério não é levado em conta para o tratamento, concientização, e medidas outras para as doenças neuromusculares, um conjunto de doenças neurodegenerativas  que possuem um elevado índice de letalidade e de incapacitação, entre outras coisas, e que causa um imenso sofrimento e angústia tanto no paciente, quanto em toda a sua família, alem das dificeis  questões sociais aí implicadas. 

 No Brasil, no que tange a programas de saúde pública, "pau que dá em Chico, não dá em Francisco".