Quem sou eu

Minha foto
Em 2009 fui diagnosticado com uma doença do neurônio motor (DNM) Trata-se de uma doença neuromuscular, progressiva, degenerativa e sem cura. Mesmo assim insisto que vale a pena viver e lutar para que pesquisas, tratamentos paliativos, novos tratamentos cheguem ao Brasil no tempo + breve possível, alem do respeito no cumprimento dos nossos direitos. .

23 de dez de 2013

Critérios para implantação do Marcapasso Diafragmático (Mensagem do Dr Francisco Rotta)






On Dec 23, 2013, at 9:49 AM, Antonio Jorge De Melo <a.jmello@yahoo.com.br> wrote:
Caro Dr Francisco Rotta,
Bom dia.

A comunidade de ELA de todo o Brasil tem acompanhado de perto o excelente trabalho que o Sr e sua equipe tem feito no conceituado hospital Moinhos de Vento, e + recentemente a colocação do 1º marcapasso diafragmático da A Latina em um paciente de ELA.
Gostaria de pedir ao Sr, caso possível,  que nos envie um guideline, um protocolo ou algo similar sobre os critérios de elegibilidade do paciente de ELA para realizar esse procedimento.  Iremos divulgar essas informações nas redes sociais de ELA do Brasil para que nós pacientes, familiares e cuidadores  possamos estar bem esclarecidos acerca desse importante assunto.
Certos da sua atenção,
s/m,

    Movela
Antonio Jorge de Melo


Francisco Tellechea Rotta
Para Eu
Hoje em 10:47 AM
Bom dia Sr Antonio Jorge de Melo

Obrigado pelo seu interesse em nosso trabalho com o marcapasso diafragmático. Este aparelho, que poderíamos chamar mais apropriadamente de estimulador de ponto motor diafargmático, já foi implantado em 6 pacientes do Brasil. Destes, um realizou o procedimento nos Estados Unidos e os demais com minha equipe.

Os critérios de seleção de pacientes para o procedimento são:

1) ELA esporádica ou familiar.

2) Capacidade vital forçada entre 45 e 60% do predito.

3) Neurocondução do nervo frênico com amplitude da resposta motora (CMAP) de pelo menos 0,1 mV.

4) Desejável que o envolvimento predominante seja de neurônios motores superiores (primeiro neurônio).

Espero que estas informações sejam úteis.

Atenciosamente
Francisco Rotta